Breve Comentário sobre o Oscar 2017

1 03 2017

Passado o Oscar (que eu, nesse ano, esqueci completamente de fazer minhas apostas) eu poderia falar dos momentos divertidos (como o pessoal aleatório que fez um tour pelo Kodak Theatre e me arrancou gargalhadas ou os doces caindo de paraquedas), poderia falar do trabalho bem legal do Jimmy Kimmel, poderia falar dos prêmios em si e dos seis Oscars que La La Land levou… e poderia até falar da vergonha definitiva que foi a entrega do Oscar de Melhor Filme, quando um auditor da PWC se perdeu completamente postando fotos no Twitter e entregou o envelope errado a Warren Beatty e Faye Dunaway (que graças a isso viraram alvos de chacota até a explicação oficial vir a público). Mas uma coisa pra mim foi mais revoltante, e exige um breve texto meu por aqui: o Oscar de Melhor Maquiagem para Esquadrão Suicida.

Tá, ok. Os fãs fervorosos da DC podem espernear que o prêmio foi justo, dado o ótimo trabalho de maquiagem com Killer Croc, El Diablo e na minha opinião, principalmente, com a Enchantress (eu adorei o visual da personagem, principalmente no começo do filme).

SUICIDE SQUAD

Mas vamos lá caras, olha o trabalho de maquiagem de Star Trek. É, indubitavelmente, ANOS-LUZ (HÁ!) superior. E não falo só de qualidade, falo de QUANTIDADE.

Filmes que envolvem outros planetas sempre nos dão maquiagens dignas de nota, e Star Trek tem feito isso com maestria mesmo durante suas diversas séries de TV (vide os Klingons). Mas é nos filmes, com um orçamento mais servido, que eles mostram o trabalho incrível nos personagens.

fb_img_1488376087602

Os mesmos fãs fervorosos da DC ficaram “ain, ganhamos um Oscar e a Marvel perdeu com Doutor Estranho”. Mas isso é óbvio: na categoria em que Doutor Estranho disputou ganhou o filme certo (Mogli), ao contrário da categoria em que o Esquadrão concorreu. E na real pra mim fazia mais sentido Doutor Estranho levar na categoria dele do que o Esquadrão.

E pra finalizar: ao menos a Marvel não levou CINCO Framboesas de Ouro uma noite antes, né? (:

fb_img_1488390610827





Breves Comentários Sobre Esquadrão Suicida

4 08 2016

Vou tentar dar um panorama do que achei de Esquadrão Suicida sem dar (muito) spoiler.

Começo dizendo que a crítica, de novo, exagerou. Mas acho que não no nível de Batman v Superman, que digo que a crítica foi absolutamente absurda. A do Esquadrão tocou em pontos que achei realmente que o filme pecou, mas ainda assim dá pra se divertir bastante com o filme!

temp5393

Will Smith (Pistoleiro), Margot Robbie (Arlequina) e Viola Davis (Amanda Waller) roubam a cena com atuações incríveis! Jay Hernandez e seu Diablo (um personagem com uma profundidade inesperada e muito bem vinda) e Jai Courtney com seu Capitão Bumerangue (o alívio cômico funcional) foram as gratas surpresas pra mim. O Rick Flag de Joel Kinnaman se mostrou também bastante interessante. O Killer Croc de Adewale Akinnoue-Agbaje ficou MUITO apagado, com pouquíssimos momentos onde tenta ser alívio cômico (mas mal consegue). Cara Delevigne e sua Magia começam incríveis, mas com o passar do filme caem de qualidade. Já o Coringa de Jared Leto não se parece quase nada com o Coringa, mas consegue alguns bons momentos.

Com relação ao filme como um todo eu acho que foi uma bagunça pra tentar mostrar quem era quem, mas ficou tudo MUITO corrido (mais do que em Batman v Superman, que apesar da velocidade das coisas achei que funcionou muito bem). A motivação para o time se unir de uma vez foi algo que tenta passar aquela coisa de “somos maus, mas ainda temos algo de bom” que eu gostei e desgostei ao mesmo tempo. A sexualização da imagem da Arlequina foi um pouco exagerada, mas não vejo que isso influi no filme de modo algum, porque souberam trabalhar isso sem tornar algo exagerado DEMAIS. O final foi uma vitória da amizade entre bandidos (próximo do que diz o Pistoleiro antes da batalha final).

Em resumo: vão sem expectativa alguma, e talvez vocês consigam aproveitar bem mais!