A Cidade Onde Só Eu Não Existo *ou Erased*

12 06 2018

Quem me conhece sabe que eu, de verdade, não gosto muito de séries. Sim, existem algumas que eu assisto (mas consigo contar sem esforço: Game of Thrones, Sherlock, Doctor Who, Agents of S.H.I.E.L.D. e Brooklyn Nine-Nine, que eu oficialmente ainda estou assistindo, sendo que apenas Game of Thrones estou em dia), mas mesmo assim é difícil eu me prender a uma série que começo (posso enumerar aqui algumas que simplesmente perdi interesse em algum momento: The Following, Heroes, Gotham e Once Upon a Time) e algumas que eu simplesmente coloquei em pausa por tempo indeterminado (casos de Westworld e Ash vs Evil Dead). Mas um mangá que eu comecei a ler por curiosidade acabou me levando a uma série live action, produzida pela Netflix no ano passado e que me prendeu completamente: falo de Erased (que na verdade se chama Boku Dake ga Inai Machi).

erased-netflix-review-divisao-paralela

Essa série fala sobre Fujinuma Satoru, um rapaz que sonha em ser um mangaká, mas até seus 29 anos ainda não conseguiu fazer um mangá seu ser lançado. Assim, ele vive sozinho em Tokyo e trabalha como entregador de pizza. Numa dessas entregas ele tem um fenômeno que ele chama de “revival”, onde Satoru volta no tempo em um período de um a cinco minutos, sempre ativado pelo fato de alguma tragédia estar próxima de acontecer próxima a ele. Após uma tragédia ocorrer a ele seu “revival” é ativado, porém ele volta cerca de 18 anos no tempo. Ele precisa evitar que algo nesse tempo de sua vida ocorra, o que impediria essa tragédia ocorrer em seu futuro/presente.

69b74b6fdeb783deaa6adce24a1f2ce55df74eab

Falando assim parece um plot simples, mas a história, suas reviravoltas e as atuações pra lá de ótimas te prendem de uma maneira única (pelo menos ocorreu comigo, ao postar esse texto estou apenas pelo episódio final para encerrar a série). Eu dei uma sinopse simples, citando apenas Satoru para não dar nenhuma informação que possa influenciar ao assisti-la. Eu recomendo fortemente que aqueles que curtem uma boa série dê uma chance a essa. São 12 episódios de cerca de meia hora cada, então vale a pena até maratonar!

Anúncios