Sobre opinar antes de ter certeza

13 07 2016

Certa vez eu escrevi aqui sobre como mordi a língua com a escolha de Heath Ledger para ser o Coringa na trilogia Batman de Christopher Nolan. Depois defendi a escolha de Ben Affleck como o Batman em Batman v Superman. E no caso do Affleck definitivamente considero que a escolha foi excelente após ver o filme, assim como foi a Gal Gadot como a Mulher Maravilha. Antes disso eu havia defendido o próprio filme Batman v Superman após um texto “apocalíptico” de um jornalista. Preferi esperar para criticar o filme apenas após assistir (mesmo que tenha evitado ir ao cinema), e agora defendo a nova versão de Caça Fantasmas, que serão mulheres nesse remake no século XXI. E desde já estou defendendo a ideia excelente de um 11 Mulheres e um Segredo, com a personagem principal sendo irmã de Danny Ocean.

Agora vou mais a fundo nessa história, porque envolve meu autor favorito e duas das minhas obras favoritas dele: A Torre Negra e IT.

Primeiramente vamos falar de A Torre Negra.

O diretor Nikolaj Arcel já chegou chocando muitos fãs com a escolha para o papel de Roland Deschain: o inglês Idris Elba. É fato que Roland é descrito nos livros quase que como uma cópia do Homem sem Nome da trilogia dos dólares de Sergio Leone, mas gente… vamo lá. O Elba é um baita de um ator, e a questão que uma pessoa colocou sobre como ele interage com a Susannah durante seus ataques de dupla personalidade realmente pode ser importante, mas nada que eles não consigam reimaginar ou até rever para o filme. Sendo assim, a questão Roland eu dou como passado. Mas aí veio o primeiro golpe que tomei: o filme começará da metade da história dos livros, incluindo ali o aparecimento de Ricahrd P. Sayre logo no primeiro filme. Mas o próprio Stephen King veio ao nosso auxílio. Uma simples imagem colocou TODOS OS FÃS em alerta máximo de que estaríamos vendo ali algo novo.

Ci0CFrfWgAApSjV

A Trombeta de Eld é perdida após a Batalha de Jericho Hill, onde o resto dos sobreviventes da Queda de Gillead acabam sendo mortos pelos homens de John Farson. Roland a deixa lá e parte em sua jornada para chegar à Torre. Mas no filme já temos também uma imagem de Roland com a Trombeta em seu poder, o que significa que o filme se passa APÓS OS LIVROS. Isso acalmou meus ânimos e agora só aguardo o primeiro trailer.

Agora vamos falar da outra grande adaptação: o remake de IT. Algumas pessoas acham que não é algo necessário. Eu discordo, em parte porque adaptações do King sempre me fazem esperar algo (mesmo que normalmente são de medianas pra baixo) e em parte porque a primeira adaptação é no máximo mediana, e apenas a atuação espetacular de Tim Curry como o palhaço Pennywise se sobressai. Mas uma amiga já estava preocupada com a escolha de Bill Skarsgård como Pennywise. Eu pedi calma a ela. E disse que só opinaria sobre isso quando visse um trailer ou uma imagem dele como o personagem. E não estava errado de novo.

00002124511pennywise

Agora, assim como fiz com A Torre Negra, só vou aguardar o primeiro trailer da adaptação!

Anúncios

Ações

Information

One response

29 03 2017
DO YOU WANT A BALLOON? | Meu Lado Cultural

[…] vamos lá. Ano passado eu escrevi um texto sobre esperar o momento oportuno para se dizer o que pensa de algo, e foquei esse texto em A Torre […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: