Sobre ingressos e afins

29 05 2015

A crise econômica parece estar, finalmente, afetando fortemente os shows aqui no Brasil.

Queria dizer que esse é o único motivo que leva os valores dos shows do Muse e do Pearl Jam aqui no país a terem preços inaceitáveis.

O Pearl Jam fará shows em cinco cidades.  Vejamos uma tabelinha de valores (inteiras):

– Porto Alegre: R$ 160 a R$ 460;

– São Paulo: R$ 200 a R$ 680;

– Brasília: R$ 250 a R$ 650;

– Belo Horizonte: R$ 200 a R$ 600;

– Rio de Janeiro: R$ 240 a R$ 680.

E os valores do Muse, com shows em apenas duas cidades:

– São Paulo: R$ 220 a R$ 650;

– Rio de Janeiro: R$ 250 a R$ 700.

Inclua nesses dois shows do Muse uma nova modalidade, um tal de “early enter”, que permite quem compra esse serviço entrar uma hora mais cedo. Valor: R$ 300.

Não vi alguma manifestação do fã clube do Pearl Jam, mas o Muse BR (maior fã clube do Muse no Brasil) se manifestou com uma nota no seu site. Caso se interesse, leia em http://www.musebr.com/05/2015/nota-da-equipe-sobre-os-valores-dos-ingressos/ para entender melhor.

O caso é que o Régis Tadeu foi com os dois pés no peito do fã clube (e dos fãs), dizendo que é uma reclamação infantil. Citando o próprio Régis: “Depois que terminei de gargalhar ao ler este “mimimi” típico de quem foi criado à base de iogurte de kiwi, torradas com geleia de morango e sabonete da Barbie, resolvi ampliar o espectro e meu pensamento e encontrei mais um exemplo de como as novas gerações de fãs são o retrato fiel do processo de emburrecimento coletivo que assola o Brasil.” Claro, sou amigo pessoal de uma das “cabeças” do fã clube, mas não é por isso que vou sair em defesa dos fãs. O mesmo Régis usa de um artifício muito usado por aí: “TÁ CARO? ENTÃO NÃO VÁ AO SHOW, PORRA!”. Legal, mas isso é um artifício pobre. Poxa, um fã não reclamaria de pagar caro, contanto que não fosse um valor que BEIRA O SALÁRIO MÍNIMO (essa é uma das principais reclamações do fã clube na nota, inclusive). O texto do Tadeu, de um modo geral, destila raiva (ódio é uma palavra forte). Ele chegou a discutir no twitter sobre isso, dizendo que não há ódio nenhum e mandando as pessoas estudarem. Cara, leia com atenção o texto do Régis que você vê que foi um ataque barato SIM.

Indo na contramão de Régis Tadeu o Luís Cesar Pimentel escreveu no R7 um texto em apoio às reivindicações do fã clube (http://entretenimento.r7.com/blogs/luiz-pimentel/2015/05/28/o-pessoal-do-musebr-ta-certissimo-em-reclamar/). Um texto mais sóbrio e com explicações mais sensatas, como no trecho em que ele fala sobre os valores de cachê da banda em comparações a outras big bands mundiais. A conta, definitivamente, não bate. E esse texto não é em nenhum momento cheio de raiva.

O fato é que a crise atual ajuda, sim, esses valores exorbitantes. Mas não justifica. Nem perto disso. Se as produtoras quisessem poderiam abaixar esses valores. Não faria nenhum mal a elas. Mas, como o próprio fã clube diz, eles querem arrecadar mais em cima dos fãs. Uma das piores invenções em shows se chama PISTA PREMIUM (ou Pista VIP, sei lá). No primeiro show grande que fui elas já existiam. Em 2002 fui ao Rush, no Morumbi. Paguei R$ 80 num ingresso inteiro para pista normal. Nem me lembro quanto era a Pista VIP. Só lembro que, no meio do show, a galera próxima a divisão das pistas ligou o foda-se e INVADIU a VIP, sem dó nem piedade! E eu achei aquilo o máximo! Mas fiquei no meu cantinho, satisfeito com o ponto onde estava. De lá pra cá isso piorou, com os valores disparando com o passar dos anos. Insisto: parte disso é, sim, a crise. Mas a maior parte é o desejo das produtoras de ARRECADAR. Sou capitalista e compreendo que isso não é totalmente errado. Mas poxa… não precisa enfiar uma bastarda no peito dos fãs e arrancar o couro!!

Todo meu apoio ao fã clube e aos fãs!!!

11294594_864049880340399_1326910423_o

#NÃOSOMOSANIMAIS

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: