The Leftovers e o efeito das diferentes mídias

25 08 2014

Quando comecei a assistir a série, esperava algo suficientemente estranho, dado ao envolvimento de Damon Lindelof (um dos nomes por trás do fenômeno “Lost”). Mas o que aconteceu foi um tanto inesperado.

Após nove episódios, a trama fica cada vez mais WTF. Não digo que isso é ruim, contanto que eles consigam fazer o que não fizeram em “Lost”: explicar pelo menos a maior parte do mistério.

Mas eu estou apostando em uma outra coisa.

Quando a HBO anunciou uma segunda temporada, eu entrei em frenesi e me vi obrigado a ler o livro, porque a quantidade de WTF já tinha batido qualquer recorde que eu tenha presenciado.

Comprei. Li.

O livro tinha muito pouco a explicar.

PUQ FAZ IÇU, livro??

Ok, tive um melhor vislumbre do que os Remanescentes Culpados são, como agem e outras coisas, que na série ainda é um pouco superficial (se bem que nos últimos episódios ficou um pouco mais claro pra mim). Mas a série, para minha total descrença, ainda é MELHOR que o livro. Só que ambos não explicam praticamente nada.

E é esse o ponto que eu queria chegar: estou achando que temos um novo “Lost” pela frente (pelo menos no quesito mistérios não resolvidos). Talvez um pouco menor e com menos mistérios, mas ainda assim os que já apareceram chegam a impressionar.

Vou ficar só por aqui mesmo. Corro o risco de começar a soltar spoilers se tentar prosseguir.

Polícia do spoiler tá de olho em mim

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: