Direto do Mais de Oito Mil!

15 09 2011

Dando o devido crédito do texto à Mara, do incrível blog “Mais de Oito Mil” (http://maisdeoitomil.wordpress.com/), um fato me chamou a atenção no último post dela: o evento Anime Friends foi instituído ao circuito oficial de eventos da Prefeitura Municipal de São Paulo. Vou colocar a matéria, retirada do site da Câmara Municipal de São Paulo.

 

“O presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador José Police Neto, assinou nesta quinta-feira a promulgação da Lei Municipal 15.417, originária de um projeto do vereador Ushitaro Kamia, que institui na cidade de São Paulo o festival Anime Friends, evento de fãs de quadrinhos e animações japonesas. A nova lei foi comemorada com uma apresentação de cosplay — caracterização de personagens —, ilusionismo e dois caricaturistas que retrataram os presentes no estilo mangá.

O festival, que terá em 2012 sua décima edição, já se espalhou por outras capitais do país, Argentina e Chile. Com a lei, ele terá apoio do poder municipal e realizará, além da convenção tradicional, atividades espalhadas pela cidade. Segundo Kamia, mais de 100 mil pessoas participaram do evento em 2011.

Para o produtor do Anime Friends, Takashi Tikasawa, a criação de uma lei que torna o festival parte do calendário do município, a ser realizado no terceiro fim de semana de julho, fará com que a divulgação seja maior. Para o ano que vem, Tikasawa acredita que o encontro terá pelo menos 150 mil visitantes.

Kamia destacou ainda que o Anime Friends é um evento que reúne principalmente jovens em um ambiente que ele considera “extremamente saudável”. “O festival preserva a família e protege o jovem. Nos locais em que acontecem os encontros é proibido fumar e beber”, explicou.

Para Police Neto, a realização de atividades como esta “faz parte do reconhecimento de que São Paulo é uma cidade de muitos povos”. “É importante fortalecer através de leis o que já tem sido feito”, disse o vereador.”

(http://www.camara.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=5662:lei-que-institui-festival-de-cultura-pop-japonesa-e-promulgada&catid=41:projetos-sancionados&Itemid=98)

 

Isso significa que, a partir de agora, o maior evento de animes/mangás da América Latina é um evento oficial e reconhecido pela Prefeitura. O texto também diz que o evento deve abrir espaço para artistas nacionais mostrarem seus trabalhos.

Analisando isso tudo de modo superficial, é realmente uma coisa muito boa. Um evento que chama tanta atenção de jovens e adolescentes e que preza pelos bons costumes realmente deve ser levado em conta, e é muito bom para os fãs da arte japonesa em animação e quadrinização (ó, falei bonito agora!).

 

Mas é aí que chegamos ao ponto. Eu freqüento a Anime Friends desde que ela começou, em idos de 2003. Desde então, só não fui ao evento em 2006 (ano que não fui a evento algum, diga-se de passagem). E devo dizer que há um exagero por parte do senhor Kamia. É um ambiente saudável? Coloca o tanto de pessoas que o evento tem nos últimos dias num mesmo lugar. O que teremos? Superlotação. Fica impossível se curtir o evento como se deve. Com o evento no Mart Center isso diminuiu, mas em outros lugares o Anime Friends ganhou fama e um apelido carinhoso: “Encoxa Friends”.

A organização também tem melhorado em alguns aspectos, devo admitir. Mas a Yamato Corp. nunca primou por isso. A desorganização dos primeiros eventos era absurda! Fora os preços cobrados, que são uma ofensa. Lembro-me quando fui aos primeiros eventos, na AnimeCon. A entrada era 10 reais, não era lotado e a organização era incrível.

Obviamente, a explicação da superlotação é óbvia: a quantidade de fãs de anime/mangá cresceu exponencialmente nos últimos anos, e isso levou mais e mais pessoas até o evento. Mas mesmo assim não exime de culpa a falta de estrutura e organização que tivemos em algumas edições, como a de 2004, ocorrida no Espaço das Américas, na Barra Funda. No último dia, a fila tinha mais de 1000 pessoas após o meio dia, que ainda não haviam conseguido entrar. Choveu, e o pessoal sofreu horrores. Até o momento em que fecharam o local, proibindo a entrada de algumas pessoas e, quem saísse, não poderia voltar, MESMO COM O INGRESSO JÁ PAGO. Motivo: superlotação. Lá fora estava menos de 13ºC. Dentro do evento, beirando os 30ºC.

Hoje em dia eu ainda acho interessante, mas não tenho mais paciência para ir a eventos como era antigamente. Muito menos no último dia, que é impossível curtir o evento como se deve.

Por fim, essa notícia só serve para gerar discussões acaloradas, mas não é, de modo algum, interessante. Vai mudar algo? Não. Vamos ter uma queda nos preços? Provavelmente o efeito será contrário. Por isso, que o Anime Friends seja feliz. Ele lá, e eu aqui.

Anúncios