Batman: O Cavaleiro das Trevas (ou o filme que o Coringa roubou)

5 09 2008

Muito já foi dito por aí desse filme. Mas eu também quero uma fatia, não é mesmo??

Quando, em 2005, vimos o final de “Batman Begins”, em que Jim Gordon mostra uma carta com um curinga ao Morcegão, muito se foi dito sobre o “segundo filme” do Batman. Vamos aqui desconsiderar, ao menos, os 2 trabalhos de Joel Schumacher: Batman Eternamente e Batman & Robin (apesar de eu me simpatizar um pouco, ao menos, com os vilões de ambos os filmes… mas no geral, trabalho de porco!). Afinal, Batman Begins foi um reboot, feito em boa hora, por Christopher Nolan.

Batman & Robin
Agora me diz… você levaria esses caras a sério??

Bom, voltando ao assunto… após “Batman Begins”, começaram as especulações: quem seria o Coringa, e como seria a história do novo filme? Um bom tempo se passou, e começaram a produção de “The Dark Knight”, e finalmente anunciaram quem seria o Coringa, em julho de 2006: o ator Heath Ledger, que trabalho em filmes como “Coração de Cavaleiro” e “O Segredo de Brokeback Mountain”. E, enfim, começou a chiação dos fãs.

Heath Ledger
O ator Heath Ledger

Muitos, assim como eu, não conseguiram enxergar como um ator como Ledger poderia dar vida ao Coringa, num filme com uma temática sombria, como Nolan já havia definido que seria “The Dark Knight”. Mas uma boa parte desses, incluindo eu, de novo, percebeu que poderíamos estar na frente de um novo mito na história do cinema após a primeira foto oficial do Coringa, o Jóker, o Palhaço, o Bobo.

Tenha medo. Tenha MUITO medo…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas ainda assim, os fãs se dividiram. E resolveram aguardar o primeiro trailer para poder dar uma opinião mais exata. Nesse meio tempo, soubemos que a sra. Tom Cruise (Katie Holmes) deixaria de ser Rachel Dawes, e o papel ficou com Maggie Gyllenhaal. Como um comentário a parte, acho que a senhorita Holmes deve estar se mordendo de raiva até agora por ter cometido esse erro.

A atriz Maggie Gyllenhaal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já em 2007, soubemos que o promotor Harvey Dent, que depois se transforma no vilão Duas-Caras, também estaria no filme. Alguns nomes surgiram, entre eles Liev Schreiber e Ryan Phillipe, mas quem acabou levando a disputa pelo personagem foi o ator Aaron Eckhart, que havia participado recentemente do filme “Obrigado por Fumar”.

O ator Aaron Eckhart, como Harvey Dent.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O resto do elenco seria mantido: Christian Bale como Bruce Wayne/Batman; Michael Caine como Alfred; Gary Oldman como James Gordon; e outros papéis secundários, que não precisam ser citados, foram aparecendo: o prefeito de Gotham, Anthony Garcia, no filme vivido por Nestor Carbonell, e o mafioso Sal Maroni, novo chefe da mafia de Carmine Marconi, vivido por Eric Roberts.

O tempo passou, e, finalmente, no final de 2007, tivemos o primeiro trailer do filme. Usando um termo que muitos nerds por aí usam, cabeças explodiram, e o filme ganhou a boca de todos.

Coringa, Palhaço, Jóker
Evening, Commissioner.

O trailer mostrava cenas avassaladoras, o Batman, o Coringa, explosões, mais Coringa… ou seja: tinha tudo para ser épico! E então, começou a campanha viral do filme, com diversos sites, incluindo o ótimo Why so Serious?, que era exclusivo do Coringa.
E finalmente, finalizaram as gravações do filme. E quando os virais e toda a propaganda do filme estava concentrada no Coringa, eis que uma notícia cai como uma bomba: Heath Ledger morre em seu apartamento, após supostamente ingerir uma quantidade de remédios acima do normal. Todos da produção do filme ficaram perdidos, e com isso, a campanha passou a ter um outro foco: Harvey Dent.

In Harvey We Trust!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bom, a época do filme ia chegando, e surgiram diversos virais espalhados pelo mundo, todos comandados pelo Coringa. Os sites passaram a ser modificados (ou escrotizados, numa linguagem mais bacana!) pelo Palhaço. Até trailer de outros filmes foram anarquizados, numa campanha de marketing fenomenal!

poster
Why so serious?

E, em 18 de julho de 2008, o filme finalmente estréia (oficialmente) em várias partes do mundo (por aqui, inclusive). E desde então, está batendo diversos recordes de bilheteria pelo mundo. Maior estréia, melhor segundo fim de semana… nos Estados Unidos, o filme ficou por cinco semanas no topo, só sendo ultrapassado pela estréia de “Tropic Thunder”, novo filme de Ben Stiller, que também conta com Robert Downey Jr. e Jack Black. Mas isso fica pra outro post.
Enfim… vendo o filme, que tem uma duração de quase três horas (duas horas e quarenta minutos, praticamente), entende-se o porque de tanta espera: o melhor filme de 2008 (indiscutívelmente), a melhor adaptação de um personagem de HQ da história (esperamos por Watchmen para ver se isso se mantém), e uma sensação de perda irreparável com a morte de Ledger. O Coringa dele simplesmente foi a manifestação do caos, da desordem… enfim, um vilão como há muito as pessoas queriam ver (não desmerecendo o Coringa do fantástico Jack Nicholson, mas o de Ledger foi superior!). Além, claro, da participação de Aaron Eckhart e seu Harvey Dent. Foi fantástico!! Conseguiu traduzir o verdadeiro espírito do personagem, e sua queda após a morte de Rachel, seu grande amor (assim como de Bruce). Com isso, ele se transforma no vilão Duas Caras, que foi devidamente levado pelo papo do Coringa e resolveu se vingar, usando sua moeda para fazer sua justiça.

“Cara você vive. Coroa… morre!”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E agora, aguardamos o que virá no terceiro filme. Boatos começaram logo após a estréia do filme, mas o diretor Christopher Nolan está de férias (merecidas!!), e só falará sobre a sequência após retornar.

Alguns boatos

– Angelina Jolie como Mulher Gato
– Johnny Depp como o Charada
– Cher como Mulher Gato
– Kristin Bell como Harley Queen (Arlequina)
– David Tennant como Charada
– Johnny Depp como Coringa
– Guy Pierce como Coringa
– Phillip Seymour Hoffman como Pinguim

Existem outros, mas prefiro parar por aqui. Estou cansado, e quero assistir esse filme de novo!

Pra encerrar, uma foto do Coringa, para relembrarmos esse fantástico personagem vivido por Heath Ledger. RIP, Ledger!

Thak you for your great “last” work!

Anúncios